P.A.M. – Património, Artes e Museus

Início » Posts tagged 'sao tome principe'

Tag Archives: sao tome principe

São Tomé e Príncipe ONU – Habitat procura um assessor para STP

Via

Assessor Técnico Nacional que a ONU – Habitat procura para trabalhar em São Tomé e Príncipe será responsável pela prestação de assistência técnica ao Governo de São Tomé e Príncipe, a nível central e local, e outras parcerias interessadas na área de desenvolvimento urbano.

Para ter todos os detalhes sobre o concurso público clique – PNUD

Anúncios

São Tomé e Príncipe Livro de Olinda Beja entra no Plano Nacional de Leitura de Portugal

Via / Abel Veiga

A informação é avançada ao Téla Nón pela Editora portuguesa “Edições Esgotadas”. Por sinal a mesma que publicou o livro infantil – “Um Grão de Café”, da escritora sãotomense Maria Olinda Beja Martins Assunção (Olinda Beja).

Pois, o livro “Um Grão de Café” da escritora são-tomense Olinda Beja, acabou de entrar no Plano Nacional de Leitura de Portugal.

Segundo Teresa Adão da Editora “Edições Esgotadas”, trata-se de um motivo de orgulho para a República Democrática de São Tomé e Príncipe. «Saber que, a partir de agora, nas escolas portuguesas, as crianças do 3º ao 6º ano de escolaridade vão ler uma obra que lhes fala de um menino chamado Paguê que deu origem ao nome da ilha do Príncipe», refere a responsável da editora portuguesa em comunicação com o Téla Nón..

Um reconhecimento singular do trabalho de uma escritora são-tomense, que promove a cultura de São Tomé e Príncipe no mundo. «Este livro já foi apresentado em escolas de países lusófonos e onde existem comunidades portuguesas, como a Suíça, o Luxemburgo e a França», confirma Teresa Adão.

A editora que publicou “Um Grão de Café” de Olinda Beja, explica ainda que a ilustração da obra é da autoria da artista plástica Teresa Bondoso, «também ela natural de São Tomé».

Um motivo de orgulho para São Tomé e Príncipe.

São Tomé e Príncipe Nauédji, o imortal

Via / Xavier Muñoz Torrent, geógrafo

Se alguma coisa interessante permite internet é adentrar-se num imenso arquivo de documentos à livre disposição, que possibilitam tirar do fio dos aconteceres da história, das suas imagens registradas em antigas placas fotográficas e mesmo divulgadas em forma de cartões-postais.

Nas que deviam ser as postais impressas mais antigas de São Tomé e Príncipe (há mais de 100 anos), aparecem as imagens fotografadas (ou inicialmente publicadas) pelo editor Manuel Lança, que se interessava pelas paisagens urbanas e de engenhos do progresso econômico das ilhas, mas muito especialmente pelos tipos humanos.

(mais…)

São Tomé e Príncipe Escritor de contos infantis africanos Rogério Barbosa publica Sun Tataluga

Via

O escritor brasileiro Rogério Andrade Barbosa, que há mais de 25 anos percorre os países africanos de expressão lusófona a recolher, transcrever e publicar as histórias infantis tradicionais, está em São Tomé e Príncipe a preparar o próximo livro, dedicado a uma das personagens favoritas das crianças do arquipélago, a tartaruga `Sun Tataluga´.

Depois da Guiné-Bissau, de Cabo Verde, Angola e Moçambique, é a vez de São Tomé e Príncipe ver transformado em livro os contos infantis tradicionais:  «Histórias de Sun Tataluga que as crianças me contaram em São Tomé».

A tartaruga Sun Tataluga é a protagonista de histórias infantis não só de São Tomé e Príncipe, mas também do Quénia e da Tanzânia, uma ligação misteriosa que há muito intriga o escritor Rogério Andrade Barbosa.

Site

Publicações

Facebook

Um país “gourmet” em que a cultura deve ser reordenamento do território

Via

O país São Tomé e Príncipe que todos queriam na altura da independência seria certamente mais rico nesses sonhos que o país que hoje existe, passados 40 anos, mas isso não faz desanimar João Carlos Silva.

“Normalmente o que se sonha é sempre diferente daquilo que se faz: a independência é um grande processo e não um fim em si”, refere o são-tomense que ganhou notoriedade com programas de culinária e gastronomia na RTP, como o “Na Roça com os Tachos”.
“Descobri através dos meus programas de culinária e das viagens pelo mundo que São Tomé e Príncipe é um pais `gourmet`” e há que potenciar essa vertente, disse à Lusa ao fazer o balanço de 40 anos de independência e perspetivar o futuro.

São Tomé e Príncipe – Bienal de Artes regressa em 2016

Via

marcoTC – Espaço CACAU

A Bienal de Artes, o maior encontro e mostra de artes da capital de São Tomé e Príncipe, regressa em 2016 e promete chegar a outras partes da ilha, disse à Lusa o coordenador da iniciativa, João Carlos Silva.

Depois de uma pausa mais alargada, de três anos, para “ganhar fôlego”, a Bienal de Artes “vai regressar a este espaço [pavilhão CACAU], mas também parte para o sul”, sob o título “Redesign Síntese STP”, referiu o cozinheiro e empresário são-tomense que dirige a CACAU – Casa das Artes, Criação, Ambiente e Utopias.

(mais…)

São Tomé e Príncipe – Fundo Global anuncia concessão de seis milhões de dólares para projeto ambiental

Via

O Fundo Global vai financiar em São Tomé e Príncipe um projeto ambiental no valor de seis milhões de dólares, informou hoje, um responsável da ONU, nesta cidade.

De acordo com Laurent N’Goma, o projeto para quatro anos, visa a proteção, gestão e utilização racional dos recursos do Parque Nacional Ôbo, na principal ilha do arquipélago de São Tomé e Príncipe.

N’Goma explicou que a prioridade da Comunidade Internacional visa a conservação dos parques florestais das ilhas santomenses, tendo em conta a sua importância estratégica na globalidade das 65 áreas ambientais existentes em África.

Várias entidades marcaram presença nesta cerimonia oficial no Centro de Aperfeiçoamento Técnico Agrícola de CATAPE, na Trindade, entre elas, Adelino Rita, diretor-geral do Parque Nacional Ôbo de São Tomé e Solito Cunha Lisboa, diretor-geral de Agricultura.

Manuel Dênde, São Tomé e Príncipe

São Tomé e Principe – Músicos da ilha do Príncipe participam em festival

Via

Os músicos da ilha do Príncipe estão a aderir oa festival STP music Award/2015. É o que Nicolau Lavres, diretor do centro Cultural de St.º António e represente da organização na região foi dizer, no sábado, ao presidente do governo da região autónoma do Príncipe, José Cardoso Cassandra.

Lavres, que falava a imprensa na cidade de St.º António acompanhado de Alexandre Martins, anunciou, após uma audiência com o líder máximo desta parcela de São Tomé e Príncipe, que dez músicos locais já aderiram ao concurso.

Lavres explicou que Cassandra congratula-se com a iniciativa, sustentando que contribui para promover o turismo na ilha, declarada em 2012 reserva da biosfera mundial da UNESCO.

O evento, primeiro de género no solo santomense, compreendendo uma disputa em 12 categorias, está agendado para 4 de julho, no mês das celebrações dos 40 anos da independência de S.Tomé e Príncipe.

Otimista quanto ao sucesso dos músicos principenses, apelou a um maior número de inscrições de grupos culturais e bandas musicais da ilha no acontecimento que será patrocinado por uma das duas companhias de telefonia móvel a operar em São Tomé e Príncipe.

%d bloggers like this: