P.A.M. – Património, Artes e Museus

Início » patrimonio » Centro UNESCO para salvaguarda do património imaterial vai ser criado em Beja

Centro UNESCO para salvaguarda do património imaterial vai ser criado em Beja


Via

UNESCOA Câmara de Beja assinou ontem com vários parceiros um protocolo de cooperação para criar na cidade o Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, como música tradicional, cante alentejano, literatura e história popular.

O protocolo foi celebrado entre o município, a Comissão Nacional da UNESCO, a Direcção Regional de Cultura do Alentejo, o Centro Nacional de Cultura, a Fundação AgaKhan, o Sindicato dos Músicos e Profissionais do Espectáculo e do Audiovisual, a MODA – Associação do Cante Alentejano e a Confraria Gastronómica do Alentejo.

Os parceiros propõem-se criar e dinamizar em Beja um Centro UNESCO especializado na área do património cultural imaterial e que ficará situado no emblemático edifício do Clube Bejense, antigo espaço de convívio e cultura da cidade, que o município está a reabilitar, num investimento de 374 mil euros e também para acolher uma “casa criativa”.

Segundo o protocolo, o Centro UNESCO “estará organizado como uma rede de membros activos que colaboram entre si e com instituições e organismos da cidade e da região”, que estejam “empenhados” na salvaguarda, na gestão, na valorização e na educação para o património imaterial, nomeadamente música tradicional, cante alentejano, literatura e histórias orais, e “na difusão e na promoção das boas práticas neste domínio”.

O Centro UNESCO terá várias atribuições, como “contribuir para uma melhor compreensão do património imaterial” e promover, estudar e divulgar a música tradicional, nomeadamente o cante alentejano, a literatura e a história popular.

Colaborar com instituições locais, regionais, nacionais ou internacionais em acções ligadas com os objectivos da UNESCO e com a Direcção-geral do Património Cultural na concretização do inventário do património imaterial são outras das atribuições.

O centro tem também como atribuições sensibilizar as comunidades para a importância da salvaguarda do património imaterial e aumentar a sua participação nesta área e criar e desenvolver parcerias e redes para estabelecer programas de investigação para “colmatar lacunas de conhecimento em gestão de património imaterial”.

Estabelecer um sistema de informação para apoiar a identificação e a documentação de património imaterial, facilitar o trabalho em rede entre profissionais e instituições activos na salvaguarda do património imaterial e criar residências para especialistas e investigadores ligados ao estudo e à salvaguarda do património imaterial são também atribuições do centro.

O equipamento pretende ainda dinamizar potencialidades do património imaterial, realizar reuniões e seminários internacionais para estudar, divulgar e promover o património imaterial e concursos e competições para os mais jovens compartilharem os seus pontos de vista sobre as tradições herdadas e o património imaterial.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: