P.A.M. – Património, Artes e Museus

Início » ciencia » Presidente da República comprou uma telha e biscoitos na igreja de São Cristóvão

Presidente da República comprou uma telha e biscoitos na igreja de São Cristóvão


Fonte

O presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, apoiou o projecto de recuperação da igreja de São Cristóvão, no bairro histórico da Mouraria em Lisboa, numa visita surpresa onde comprou uma telha e biscoitos.

“A presença do presidente da República deu projecção e credibilidade ao projecto ‘Arte por São Cristóvão’”, disse hoje o pároco da igreja de São Cristóvão à Agência ECCLESIA.

Segundo o padre Edgar Clara, após a partilha das fotografias de Marcelo Rebelo de Sousa de Sousa na igreja-monumento da Mouraria na rede social Facebook, que teve mais de uma centena de partilhas, “várias pessoas” quiseram também ajudar a recuperar a igreja de São Cristóvão para além do conhecimento da visita.

“Mais de mil euros através de donativos online”, revela o sacerdote que vendeu ainda “centenas de telhas”.

O presidente da República Portuguesa visitou a igreja de São Cristóvão e participou activamente em duas campanhas – comprou uma telha e um pacote de Biscoitos d’São Cristóvão, feitos pela Cozinha Popular da Mouraria – promovidas para a recuperação do património edificado e cultural da igreja.

O padre Edgar Clara contou que o Marcelo Rebelo de Sousa apareceu de surpresa na igreja de São Cristóvão, “logo depois de ter sido eleito”, acompanhado apenas pelos seguranças, a conduzir o seu próprio carro.

“Infiltrações na cobertura, falta de telhas e instalação eléctrica”, foram as ameaças encontradas ao património da igreja do bairro histórico da Mouraria que conta com 35 telas de Bento Coelho da Silveira, “que se poderão perder para sempre”.

Para salvar e recuperar a igreja e o seu património têm sido desenvolvidas actividades para “recolher um milhão de euros” e recuperar o monumento do século XVII, que é um dos cinquenta, e o primeiro edifício religioso nacional, incluído na lista da World Monuments Watch 2016, dedicada à defesa de estruturas históricas em perigo e à sua promoção junto de investidores e parceiros.

O padre Edgar Clara adianta ainda que o projecto ‘Arte por São Cristóvão’ tem envolvido a comunidade local através das actividades e “muitas associações” que se quiseram associar.

Até ao momento, já foram vendidas mais de duas mil telhas, que equivale “a cerca de 24 mil euros” onde assinala-se a adesão de “muitos estrangeiros” e os biscoitos d’São Cristóvão são uma marca permitiu “angariar mais de sete mil euros”.

O sacerdote recorda ainda a campanha – “não peço um milhão de euros a uma pessoa, mas um euro a um milhão de pessoas” – que lançou no programa ‘Visita Guiada’, na RTP, e “todos os dias” têm pessoas que perguntam onde podem deixar o seu euro.

“Ao todo, no último ano, já reunimos mais de 140 mil euros. Isto significa que nos faltam apenas 860 mil para atingimos o nosso objectivo”, observa realisticamente o pároco da igreja de São Cristóvão, em Lisboa, o padre Edgar Clara.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: