P.A.M. – Património, Artes e Museus

Início » cultura » Brasil Fabuloso Café abre as portas para a cultura do ‘faça você mesmo’ no Rio

Brasil Fabuloso Café abre as portas para a cultura do ‘faça você mesmo’ no Rio


Via

Mesa-redonda no Fabuloso Café de janeiro (Foto: Divulgação/Luísa Fosco)

Evento gratuito com arte e tecnologia ocupa casa em São Conrado.Workshops e mesas redondas oferecem opções para todos os gostos.

Neste sábado (19), arte e tecnologia e a cultura do “faça você mesmo” estarão reunidos em São Conrado, Zona Sul do Rio, no Fabuloso Café, um evento itinerante que mistura de oficina, laboratório e cafeteria pop-up.

Quem realiza o evento é a Fabulosa Fábrica de Ideias, uma reunião de artistas, designers, arquitetos, inventores, produtores culturais e curiosos que se juntaram para democratizar o acesso a tecnologia e transformar ideias em realidade.

Serão 10 horas de atividades como oficinas, bate papo, exposição, música e um Open Lab onde máquinas como cortadora laser, router CNC e plotter de recorte estarão disponíveis ao público para  experimentos. Veja a programação no site do evento.

Luísa Fosco, uma das organizadoras do Fabuloso Café, explica que a primeira edição do Fabuoso Café aconteceu em janeiro, num casarão no Catete, Zona Sul do Rio. A procura foi grande da parte de gente que queria repassar seus conhecimentos. Muitos ficaram de fora e, por isso, o grupo pensou numa nova edição, bem maior, com espaço para vários aspectos do conhecimento.

“Queremos expandir o acesso às ferramentas e aos conhecimentos sobre a fabricação digital para impulsionar ideias de jovens criadores”, disse Raíssa Couto, também realizadora do evento.

Segundo os organizadores, a proposta é ocupar casas de coworking, espaços colaborativos e centro culturais da cidade para promover um encontro entre a arte, a tecnologia e a cultura do fazer. O Fabuloso Café deste sábado acontece das 10h às 21h na Casa Holzmeister, na Avenida Jaime Silvado 20. A casa fica perto da Estrada da Gávea, na altura do Shopping Fashion Mall.

Na Sala dos Sentidos, a Gamesquare, uma plataforma para games em espaço públicos, vai fazer o visitante explorar os cinco sentidos por meio de jogos e experiências sensoriais. A startup inova com a possibilidade de jogar games em eventos, festivais e espaços públicos em geral usando o celular como joystick.

A Fabulosa Feira vai promover troca e venda de arte impressa e outras criações autônomas. O Jardim Sonoro vai apresentar Dudu Dub, DJ, produtor, colecionador e pesquisador de disco de vinil, e criador de identidade musical e trilhas sonoras para diversas marcas de moda; e Bruno Eppinghaus, que busca a democratização da música num passeio pelas diversas etnias musicais.

Com a Plante-se, o visitante vai provar delícias da culinária vegana – de hambúrgueres a cremes, leites, bolos e até manteiga de amendoim, tudo criação de Felipe Alves. Já o Espaço Huna apresenta uma proposta que mistura oficina, performance e instalação com a criação em tear de uma peça única e coletiva tecida de diversos materiais.

Workshops e mesas redondas oferecem opções para todos os gostos e até para crianças. Em “Fabulosos Materializadores”, a conversa é sobre  os caminhos da cultura materializadora e o futuro dos laboratórios de fabricação e aprendizagem.  “Design do Carnaval: Artesanato + Tecnologia” propõe um diálogo entre as técnicas artesanais e os recursos tecnológicos para criação de objetos visuais em diferentes mídias.

Nas oficinas de upcycling, o visitante vai aprender a transformar objetos por meio de técnicas de decoração e restauração. Na oficina “Eletrocoisa”, os alunos vão levar seus objetos favoritos – brinquedos, roupas, material escolar – e aprender a fazer pequenos circuitos elétricos para incorporar luzes a esses objetos. “Pequenos Inventores: maratona littleBits” vai mostrar às crianças o potencial das novas tecnologias, a partir do littleBits, módulos eletrônicos coloridos que se ligam uns aos outros e criam circuitos sem precisar soldar, ter fios ou programar.

Também tem oficina de estamparia, fotografia, impressão em 3D e até de malabarismo.

Open Lab: experiências com impressão em 3D (Foto: Divulgação/Luísa Fosco)

Open Lab: experiências com impressão em 3D (Foto: Divulgação/Luísa Fosco)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: