P.A.M. – Património, Artes e Museus

Início » livro » SANTA MARIA DA FEIRA | MAIS DE 4 MIL MARCAS DE ÁGUA EM LIVRO DEDICADO À HISTÓRIA DO PAPEL

SANTA MARIA DA FEIRA | MAIS DE 4 MIL MARCAS DE ÁGUA EM LIVRO DEDICADO À HISTÓRIA DO PAPEL


Via

O Município de Santa Maria da Feira e a TECNICELPA – Associação Portuguesa de Técnicos das Indústrias de Celulose e Papel lançam este sábado, dia 11 de julho, às 17h00, no Museu do Papel Terras de Santa Maria, em Paços de Brandão, uma obra dedicada ao estudo da História do Papel e das Marcas de Água em Portugal, tendo por base um levantamento realizado há cerca de 30 anos atrás, na Torre do Tombo e na Biblioteca Nacional de Portugal.

O livro “Marcas de Água: séculos XIV – XIX” (Coleção TECNICELPA), da autoria de Maria José Santos, investigadora e coordenadora científica do Museu do Papel, vai ser apresentado por Francisco Ribeiro da Silva, professor da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

A obra, precursora em Portugal na abordagem e investigação das marcas de água, centra-se no estudo de uma coleção de marcas de água recolhidas no âmbito de um projeto pioneiro, na área da História do Papel em Portugal, realizado entre 1986 e 1992, sob o patrocínio da TECNICELPA.

Em 2004, a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e a TECNICELPA assinaram um protocolo de colaboração com o objetivo de organizar, sistematizar e divulgar esta importante coleção, constituída por mais de quatro mil levantamentos de marcas de água recolhidos no Arquivo da Torre do Tombo e na Biblioteca Nacional de Portugal. A obra é acompanhada por um CD-ROM com todas marcas de água e respetivas fichas de inventário, trabalho realizado no Museu do Papel sob a orientação científica da autora.

O estudo da colecção, constituída maioritariamente por marcas de água em papel de escrita importado de diferentes países da Europa, permitiu à autora tirar conclusões sobre a situação da indústria portuguesa de papel entre os séculos XIV e XIX, possibilitando também o enquadramento daquela que é considerada, até ao momento, a primeira marca de água da História do Papel em Portugal, datada de 1536.

Museu do Papel _ Visita virtual

Anúncios

1 Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: