P.A.M. – Património, Artes e Museus

Início » cultura » Antigo “quintalão” do Magistério Primário vira espaço cultural durante o Verão

Antigo “quintalão” do Magistério Primário vira espaço cultural durante o Verão


Via

DSC_0822

O quintal do antigo Magistério Primário, em Faro, vai transformar-se no Q Espaço Cultural durante o Verão. Sete associações da cidade vão assumir a gestão do equipamento e vão promover, até meados de Setembro, actividades tão variadas como concertos, workshops, exposições, ou exibição de filmes. A “abertura de portas” está marcada para o primeiro fim de semana de Julho.

As sete colectividade envolvidas na gestão do Q Espaço Cultural são o Cineclube de Faro, a Arquente, a Associação de Designers do Sul, a Policromia, a Sociedade Recreativa Artística Farense, a Amarelarte e a Tertúlia Algarvia, que «resolveram sair das suas zonas de conforto para se juntarem num só espaço».

Carlos Rafael Lopes, presidente do Cineclube de Faro, em declarações ao Sul Informação, recordou que «o primeiro convite surgiu da Câmara, do vereador Paulo Santos, e foi feito no início do ano ao Cineclube. Depois convidámos outras associações da cidade, que tivessem uma actividade exemplar, e que se enquadrassem no “espírito” para dinamizar o espaço, que estava meio devoluto, durante o Verão».

Um dos objectivos desta iniciativa é, segundo o dirigente do Cineclube, «dar visibilidade às iniciativas nas diferentes áreas de actividades culturais das associações. Vamos criar uma mescla de sectores para levar a cabo uma experiência que Faro nunca teve, numa partilha de um espaço e de recursos de um pouco de forma “louca”, porque estamos a uma semana da abertura, a trabalhar e, tirando o apoio da Câmara, na cedência do espaço, tudo será feito com recursos próprios, sem apoios financeiros».

Q Espaço CulturalNaquele que as associações pretendem que seja um «espaço de referência na cidade, vão acontecer concertos, cinema, exposições, actividades de tempos livres com crianças, ou workshops», adiantou Carlos Rafael Lopes.

No Q Espaço Cultural, vai haver uma sala de exposições permanentes, onde serão exibidos trabalhos da Policromia, uma sala multiusos, uma pequena loja com produtos tradicionais e um bar com uma esplanada.

O espaço vai estar aberto também durante o dia, com algumas valências do bar a funcionar, enquanto estruturas administrativas das associações vão também funcionar naquele local. «Queremos aproveitar a localização e o potencial turístico deste sítio. Fica na cidade velha, é um espaço amplo, com sombra, no coração da cidade. Queremos que esteja aberto para que, durante o dia, visitantes possam usufruir dele».

Apesar de o espaço também estar aberto à noite, Carlos Rafael Lopes esclarece que «não há o objectivo de competir com estruturas comerciais da cidade», até porque «as actividades que aqui serão feitas servem apenas para gerar receitas para criarmos mais actividades».

Este vai ser «um espaço único na cidade e também no contexto do Algarve», conclui o presidente do Cineclube de Faro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: