P.A.M. – Património, Artes e Museus

Início » 2015 » Junho

Monthly Archives: Junho 2015

Colecção – Google Maravilhas de Portugal

play_google_maravilha_totTapeçaria do tipo verdure ou millefleurs, com fundo azul-escuro, decorada com elementos florais que cobrem todo o campo, enlaçados com fitas. Encomenda real, tem ao centro o brasão de armas reais portuguesas, com o escudo encimado pelo timbre com a serpente alada de Avis. Nos quatro cantos está representada a esfera armilar, empresa de D. Manuel I.
Trata-se provavelmente de uma encomenda de membros da Casa de Avis ou de uma oferta a eles destinada, atribuída à manufactura de Bruxelas, o principal centro de produção flamenga da época, com execução atribuível a Willem van Pannemaker, um dos mais celebrados tapeceiros belgas da época.
Portugal encomendou à Flandres, entre meados do século XV e o final do século XVI, importantes séries de tapeçarias, sendo as tapeçarias heráldicas com brasões portugueses de extrema raridade.
Mais Detalhes

Dimensões físicas:

155 x 530 cm

Material(s) / Technique(s):

Algodão, lã e seda
Original Title (portuguese):

Tapeçaria com as Armas Reais Portuguesas

Photo:

Escola Profissional de Imagem (EPI)-Curso de Fotografia/André Ferreira/Marina Ramos, 2009.
Rights Information:

National Palace of Sintra / Inês Ferro

Tipo:

Textiles

Google mostra ao mundo «Maravilhas de Portugal»

Via

Google mostra ao mundo «Maravilhas de Portugal»

O Mosteiro dos Jerónimos, da Batalha, de Alcobaça, o Palácio da Pena, a Vila de Óbidos ou o Castelo de Guimarães são apenas alguns dos 57 novos locais que podem, a partir de hoje (29/6), ser visitados virtualmente.

O Google, com o apoio da Direcção-Geral do Património Cultural, disponibiliza a partir de hoje visitas virtuais a algum do património artístico, natural, arquitectónico e cultural mais importante do país, incluindo alguns dos seus ex-libris reconhecidos dentro e fora de portas.

Milhares de imagens de 360º foram acrescentadas ao Google Maps e, graças à tecnologia Street View, permitem agora a qualquer pessoa em Portugal ou no mundo conhecer virtualmente algumas das maiores riquezas do país.

Trata-se da maior actualização de sempre em Portugal. Adicionalmente, no Google Cultural Institute estará acessível a colecção «Maravilhas de Portugal» com alguns dos principais ícones do património nacional.

Lei que proíbe foie gras em SP é sancionada por Haddad

Via

Prato de foie gras (Foto: Stephanie Diani/The New York Times/Arquivo)

Iguaria francesa, o foie gras é resultado de alimentação forçada do ganso.
Lei também veda a comercialização de artigos feitos com pele de animais.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), sancionou nesta quinta-feira (25) lei que proíbe a produção e comercialização de foie gras (fígado gordo de ganso ou pato, iguaria típica da culinária francesa) na cidade. A lei 16.222/2015, do vereador Laércio Benko (PHS), também veda a comercialização de artigos feitos com pele de animais.

O fígado gordo do ganso é resultado de um método milenar conhecido como gavage, em que os animais são forçados a se alimentar. Ativistas em defesa dos animais consideram o método cruel.

Em caso de descumprimento, o comerciante poderá ser multado em R$ 5 mil. Em caso de reincidência, o valor dobra. A lei entra em vigor em 45 dias e não afeta o consumo ou uso de produtos já adquiridos ou que venham a ser adquiridos fora da cidade.

NASA Explains Why June 30 Will Get Extra Second

Via

Originally developed to study distant astronomical objects called quasars, the technique called Very Long Baseline Interferometry provides information about the relative locations of observing stations and about Earth’s rotation and orientation in space.
Credits: NASA Goddard Space Flight Center

The day will officially be a bit longer than usual on Tuesday, June 30, 2015, because an extra second, or “leap” second, will be added.

(mais…)

Por um segundo…

planeta_cansaado_04

Dia 30 de Junho será realmente o dia mais longo por um segundo que se soma aos restantes 86.400.

De acordo com o cientista da NASA, Daniel MacMillan, do Goddard Space Flight Center em Greenbelt, Maryland

A rotação da Terra está gradualmente a diminuir e a rectificação do tempo cronológico é uma maneira de explicar isso,”

Tecnologias multimedia para museus com Sam Brenner

Via

O American Corner traz à UA, entre os dias 29 de junho e 1 de julho, Sam Brenner, da Cooper Hewit, Smithsonian Design Museum, dos Estados Unidos da América.
Sam Brenner vem à UA partilhar a sua experiência sobre a aplicação e integração das tecnologia multimedia nos museus, na conferência MUX2015, que tem lugar na Sala do Senado da Reitoria da UA, nos dias 29 e 30 de junho.

Sam Brenner é licenciado em New Media Design pelo Rochester Institute of Technology e Mestre em Interactive Telecommunications Program pela New York University. É Interactive Media Developer na Cooper Hewitt, Smithsonian Design Museum onde desenvolve trabalho na área de UX design.

Mais informação acerca do trabalho desenvolvido por Sam Brenner, em http://samjbrenner.com/.

É um dos oradores convidados para a conferência MUX2015 – Museus em Experiência: Encontros Sobre Design, Tecnologia e Comunicação em Museus (http://mux.web.ua.pt/) -, que tem lugar na Sala do Senado da Reitoria da UA, nos dias 29 e 30 de junho de 2015. Apresenta às 10h15, a comunicação intitulada “User Experience Design for Interactives at the Cooper Hewitt”.

No dia 1 de julho reune com a equipa do Museu da UA para uma breve conversa e troca de boas práticas entre instituições.

O MUX2015 – museus em experiência é um encontro organizado pelo Departamento de Comunicação e Arte em colaboração com o SBDIM – Serviços de Biblioteca Informação Documental e Museologia da Universidade de Aveiro que propõe reunir especialistas, investigadores e profissionais nas áreas da museologia, do design, das ciências e tecnologias da comunicação para debater e refletir sobre o presente e o futuro da relação entre a museologia e da museografia em Portugal. A integração a montante do design e das tecnologia da comunicação nas estratégias museológicas é cada vez mais determinante para cativar e envolver novos públicos de uma forma mais interativa com os artefactos, os temas e as narrativas museológicas.

O American Corner está na UA desde 2012, sob proposta da Embaixada dos Estados Unidos da América à Universidade de Aveiro. É inserido no Programa «Portuguese American Corners» e está instalado no 4º piso da Biblioteca. Mais informação em http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca/americancorner.

International Congress Lights On… Cultural Heritage and Museums

Via

We are pleased to invite you to actively participate on the International Congress Lights On… Cultural Heritage and Museums!, to be held in Porto, Portugal, on July 20th, 21st and 22nd 2015.

Program .pdf

+info

“Amarante começa a ser um ponto de referência na valorização do património”

Via

A conclusão das obras na igreja barroca de S. Pedro, em Amarante, permite à cidade destacar-se, cada vez mais, no turismo religioso do norte do país, considerou hoje um técnico de recuperação do património.

Amarante começa a ser um ponto de referência na valorização do património“, defendeu Luís Campos, da empresa que há vários meses trabalha na recuperação daquele templo do final do século XVII, segundo a Lusa.

Em declarações à Lusa, o técnico recordou que também foi recentemente recuperada, “com grande qualidade“, a igreja de S. Domingos, igualmente no casco histórico da urbe, incluindo o museu contíguo de arte sacra.

Aludiu ainda aos trabalhos que têm sido realizados na igreja do Mosteiro de S. Gonçalo, mais recentemente na fachada principal, voltada para o rio Tâmega, e na Igreja da Misericórdia.

São igrejas fantásticas que permitem criar uma rede turística de valorização“, comentou, ressalvando que “o grande desafio começa quando terminam as obras, que é dar vida a estes espaços do ponto de vista pastoral e turístico“.

Já para o pároco da cidade, José Manuel Ferreira, a recuperação da Igreja de S. Pedro termina um ciclo iniciado há sete anos, que permitiu à paróquia ficar com templos de diferentes períodos históricos completamente recuperados, potenciando a atratividade turística da urbe e dando melhores condições para as múltiplas actividades religiosas, escreveu a Lusa.

Além disso, vincou, em poucos anos, Amarante viu serem recuperados quatro órgãos de tubos, de três igrejas, o que é “notável numa cidade de média dimensão“, projectando-a ao nível da música litúrgica.

A recuperação da Igreja de S. Pedro, que é monumento de interesse público desde 1982, custou 1,2 milhões de euros, revelou a Lusa.

A empreitada interveio no exterior e interior do templo, corrigindo problemas estruturais e restaurando a totalidade do seu valioso espólio, maioritariamente barroco.

Quando as pessoas aqui entravam vinham para os funerais. Era uma igreja escura e sombria“, recordou o pároco, apontando para a luz e os tons claros que agora predominam.

Os trabalhos envolveram várias especialidades e incidiram nos tetos abundantemente trabalhados da nave principal e do altar-mor, onde sobressaem 25 caixotões. Também foram realizadas intervenções no arco triunfal, na sacristia, sobretudo no seu teto em madeira, no altar-mor, na via-sacra (agora iluminada), no coro alto, no corta-vento do século XIX, no órgão de tubos, na iluminação, nos azulejos de padrão seiscentista e na recuperação dos sinos, explicou a Lusa.

No pico da obra tivemos aqui cerca de 70 pessoas a trabalhar em simultâneo“, referiu o técnico, sinalizando a minúcia e complexidade técnica da empreitada.

Luís Campos chamou à atenção que, além da recuperação do espólio original, também houve lugar à introdução de novos elementos de mobiliário “que sejam referência e que foi pensado numa lógica catequética“.

A remodelação é inaugurada no próximo dia 29 de Junho, dia de S. Pedro, com uma Eucaristia às 19:00.

Verão In Santarém… é um espanto

Via

“MÁQUINAS E MEDOS” PELO TEATRO DA ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO

Os alunos de Artes da Escola Secundária Dr. Ginestal Machado voltam a apresentar-se no Auditório do Jardim Portas do Sol, num espetáculo único, na quarta-feira, dia 29, às 22h00. “Máquinas e Medos” é o nome atribuído aos exercícios dramáticos desenvolvidos e articulados entre si. Uma grande noite em perspetiva com a qualidade teatral a que as produções dos alunos da Ginestal Machado e as suas professoras já nos habituaram.

CINEMA NO TEATRO SÁ DA BANDEIRA

Ainda na quarta-feira, dia 29, se é adepto de bom Cinema, não perca a sessão do Cineclube de Santarém: “Love”, um filme de Gaspar Noê, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira. Se ainda não é adepto, não perca a oportunidade e apareça.

FESTA DO BALLET DO CÍRCULO SCALABITANO VOLTA AO LARGO DO SEMINÁRIO

O fim de semana abre na quinta-feira, dia 30 de junho com a Festa de encerramento do ano escolar da Academia de Ballet do Círculo Cultural Scalabitano, num espetáculo no Largo do Seminário, às 22h00, no final do jogo Portugal – Polónia.

Pelo “palco” do Seminário vão passar as alunas da Professora Encarnação Noronha, que vão mostrar o resultado de um ano de trabalho, esforço e dedicação, num encontro da dança clássica e da sua beleza.

(mais…)

Antigo “quintalão” do Magistério Primário vira espaço cultural durante o Verão

Via

DSC_0822

O quintal do antigo Magistério Primário, em Faro, vai transformar-se no Q Espaço Cultural durante o Verão. Sete associações da cidade vão assumir a gestão do equipamento e vão promover, até meados de Setembro, actividades tão variadas como concertos, workshops, exposições, ou exibição de filmes. A “abertura de portas” está marcada para o primeiro fim de semana de Julho.

As sete colectividade envolvidas na gestão do Q Espaço Cultural são o Cineclube de Faro, a Arquente, a Associação de Designers do Sul, a Policromia, a Sociedade Recreativa Artística Farense, a Amarelarte e a Tertúlia Algarvia, que «resolveram sair das suas zonas de conforto para se juntarem num só espaço».

Carlos Rafael Lopes, presidente do Cineclube de Faro, em declarações ao Sul Informação, recordou que «o primeiro convite surgiu da Câmara, do vereador Paulo Santos, e foi feito no início do ano ao Cineclube. Depois convidámos outras associações da cidade, que tivessem uma actividade exemplar, e que se enquadrassem no “espírito” para dinamizar o espaço, que estava meio devoluto, durante o Verão».

Um dos objectivos desta iniciativa é, segundo o dirigente do Cineclube, «dar visibilidade às iniciativas nas diferentes áreas de actividades culturais das associações. Vamos criar uma mescla de sectores para levar a cabo uma experiência que Faro nunca teve, numa partilha de um espaço e de recursos de um pouco de forma “louca”, porque estamos a uma semana da abertura, a trabalhar e, tirando o apoio da Câmara, na cedência do espaço, tudo será feito com recursos próprios, sem apoios financeiros».

Q Espaço CulturalNaquele que as associações pretendem que seja um «espaço de referência na cidade, vão acontecer concertos, cinema, exposições, actividades de tempos livres com crianças, ou workshops», adiantou Carlos Rafael Lopes.

No Q Espaço Cultural, vai haver uma sala de exposições permanentes, onde serão exibidos trabalhos da Policromia, uma sala multiusos, uma pequena loja com produtos tradicionais e um bar com uma esplanada.

O espaço vai estar aberto também durante o dia, com algumas valências do bar a funcionar, enquanto estruturas administrativas das associações vão também funcionar naquele local. «Queremos aproveitar a localização e o potencial turístico deste sítio. Fica na cidade velha, é um espaço amplo, com sombra, no coração da cidade. Queremos que esteja aberto para que, durante o dia, visitantes possam usufruir dele».

Apesar de o espaço também estar aberto à noite, Carlos Rafael Lopes esclarece que «não há o objectivo de competir com estruturas comerciais da cidade», até porque «as actividades que aqui serão feitas servem apenas para gerar receitas para criarmos mais actividades».

Este vai ser «um espaço único na cidade e também no contexto do Algarve», conclui o presidente do Cineclube de Faro.

%d bloggers like this: