P.A.M. – Património, Artes e Museus

Início » patrimonio » Chocalhos a caminho da classificação como Património da Humanidade

Chocalhos a caminho da classificação como Património da Humanidade


Via

A candidatura do fabrico português de chocalhos à classificação de Património Cultural Imaterial da Humanidade, segundo adiantou Paulo Lima, seu coordenador, ao “Diário do Alentejo”, foi oficializada, tendo a Unesco a inscrito na Lista do Património Cultural Imaterial com Necessidade de Salvaguarda Urgente, por considerar que “está em risco de desaparecer”. A decisão final, essa, será conhecida em novembro, na Namíbia, local onde decorrerá a reunião da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

A candidatura do fabrico português de chocalhos foi oficializada, na quarta-feira, dia 11 de Fevereiro, à classificação de Património Cultural Imaterial da Humanidade por parte da Unesco.
Recorde-se que esta candidatura tinha sido apresentada em maio e que foi agora inscrita na Lista do Património Cultural Imaterial com Necessidade de Salvaguarda Urgente, como adiantou ao “Diário do Alentejo”, Paulo Lima, coordenador da candidatura. Que recordou ainda que “este é o primeiro dossiê português a figurar nesta lista”, uma vez que a Unesco considerou que esta arte pode estar “em risco de desaparecer”.
A decisão da classificação do fabrico português de chocalhos como Património Cultural Imaterial da Humanidade, tal como aconteceu recentemente com o cante alentejano, em Paris, que foi reconhecido, deverá ser conhecida em novembro deste ano, na Namíbia, local onde decorrerá a 10.ª Reunião da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.
A candidatura é liderada pela Turismo do Alentejo, em parceria com a Câmara de Viana do Alentejo e a Junta de Freguesia de Alcáçovas, contando com o apoio de outros municípios portugueses.
“Agora só paramos na Namíbia”, disse com satisfação Paulo Lima, que considera que a classificação do fabrico português de chocalhos como Património Imaterial da Humanidade “é crucial” e que, embora a candidatura não tenha tido a mesma visibilidade do que outras candidaturas, como a do fado e a do cante alentejano, acaba por ser “aceite e figurar na lista de salvaguarda urgente”, o que atesta bem a sua “importância”.

Anúncios

1 Comentário

  1. […] O coordenador técnico desta candidatura a património mundial vai ser Paulo Lima, um especialista responsável por outros processos idênticos, como o do cante alentejano, as Festas do Povo de Campo Maior ou da Arte Chocalheira. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: